terça-feira, 21 de junho de 2016

Dia Grande

[dia grande 01] No passado fim de semana, dias 18 e 19 de junho, realizou-se na Herdade do Esporão, próximo de Reguengos de Monsaraz, o Dia Grande. O Dia Grande é um encontro de pessoas num lugar especial. Especial, não apenas por um ambiente que nos distancia das grandes cidades, onde muitos de nós vivemos, para nos aproximar da Natureza; especial por nos propor uma série de atividades que fomentam e estimulam a partilha de experiências. O Esporão não é apenas uma marca qualificada, de referência, de vinhos, agora também de azeites, é um projeto integrado de sustentabilidade, de respeito pelo ambiente e de uma invulgar delicadeza. Em terrenos previamente intervencionados com práticas agrícolas intensivas, há agora a devolução a uma ética de integração dessas mesmas práticas com formas não agressivas perante o solo. Há o “chamamento” de outras espécies vegetais e animais, insetos também, para a introdução de dinâmicas antigas. Propõe-se o abandono progressivo da utilização de químicos associados à produção agrícola intensiva que muito tem contribuído para um desequilíbrio, tendencialmente mais acentuado, entre o homem e a paisagem. Agora sentimos um regresso a horizontes visuais que vagueavam nas nossas memórias. Uma terra onde apenas cresciam pés de vinha, vemos o regresso de outras espécies, tonalidades de verde, vemos a cor das flores, deixamos a terra nua exposta à erosão de um sol duro, vemos aves no céu, ouvimos os sons do seu comunicar ao nascer do dia.
 
Herdade do Esporão. Reguengos de Monsaraz. 18 de junho de 2016
 

Sem comentários:

Publicar um comentário