domingo, 29 de janeiro de 2017

O passo do conhecimento da terra

[arquivo cidade 047] A terra é um labirinto e a forma de captarmos as suas dimensões não terá outra alternativa que não seja a de percorrermos os seus lugares. O que procuramos nesta busca árdua? Há aspetos individuais que se prendem com a consciência de identidade e posição de nós próprios, a procura da liberdade ou do sentido que a nossa vida pode ter. Mas há também aspetos coletivos conexos, como a identificação da comunidade a que pertencemos e o diálogo com a expressão da sua cultura. Talvez estas sejam apenas formas de procurar a sobrevivência num processo, em que há algo que nos escapa permanentemente.

1 comentário:

  1. Uma equação demasiada complexa, essa mediatriz que divide o "eu" do "outro"

    ResponderEliminar